Alimentação saudável e frio podem sim andar juntos – Revista Algomais – a revista de Pernambuco

Alimentação saudável e frio podem sim andar juntos

Queridinhas do verão, as saladas costumam ser deixadas de lado no inverno até mesmo pelos pernambucanos que buscam uma alimentação mais saudável. A explicação vem da ciência. Nosso corpo necessita de refeições mais calóricas para manter-se aquecido durante o frio, pois é necessário um consumo e uma queima maior de calorias.

De acordo com a chef da Fevitto Integrais, Fernanda Rossi Vavolizza, mesmo que a tendência no inverno seja a de abandonar as saladas, com um pouco de criatividade e inovação, elas podem e devem fazer parte do cardápio dos dias mais frios. “Saladas com folhas levemente refogadas em azeite de oliva ficam deliciosas, a couve, a escarola e o espinafre ficam perfeitos neste tipo de preparação. Acrescentando nozes, castanhas, amêndoas aumentam-se as propriedades funcionais das saladas além da crocância e sabor das mesmas”, diz a chef.

Outra boa alternativa é acrescentar leguminosas cozidas como a lentilha, o grão de bico e os feijões. “Depois de cozidos, esses legumes podem ser temperados com azeite de oliva, limão, salsinha e cebolinha fresca, sal e pimenta do reino”, diz Fernanda. Uma dica saborosa e prática.

Se você é adepto dos temperos, saiba que eles também podem trazer “calor” às saladas. Dessa forma, pimentas, canela e gengibre são ótimas opções para incrementar os molhos para salada. Essas iguarias também podem ser utilizadas de outras maneiras. “Também podemos usá-los no tempero das proteínas das saladas, grelhar o peito de frango com uma pimentinha vermelha, acrescentar um pouquinho de canela nas tirinhas de carne, pimenta do reino no ovo cozido”.

Dica da Chef

Para quem mantém o hábito de consumir saladas mesmo no inverno, a chef tem uma sugestão que alia sabor e saúde: uma salada de tirinhas de cenoura, pepino, broto de feijão aferventado e tirinhas de kani, ou tofu para uma versão vegana. Para o molho, ela aconselha misturar molho de soja light, gengibre ralado, pimenta dedo de moça picadinha, suco de um limão e azeite de oliva. Para finalizar, salpicar gergelim torrado ou preto por cima. Esta é uma salada rica em fibras e com propriedades anti-inflamatórias, antifúngicas e termogênica.

Deixe seu comentário
anúncio 5 passos para im ... ltura Data Driven na sua empresa

+ Recentes

Assine nossa Newsletter

No ononno ono ononononono ononono onononononononononnon