Banco do Nordeste atinge resultado operacional de R$ 942,3 milhões no primeiro trimestre – Revista Algomais – a revista de Pernambuco
Gente & Negócios

Gente & Negócios

Rafael Dantas

Banco do Nordeste atinge resultado operacional de R$ 942,3 milhões no primeiro trimestre

O Banco do Nordeste (BNB) encerrou o primeiro trimestre de 2024 com um resultado operacional de R$ 942,3 milhões, representando um aumento de 12,2% em relação ao mesmo período de 2023. Esse crescimento no resultado operacional é atribuído ao aumento das receitas de prestação de serviços, à elevação na margem de intermediação financeira e à reversão de contingências jurídicas. Fator relevante para o incremento no resultado operacional foi o expressivo aumento na carteira de crédito administrada pelo Banco, que cresceu 14,5% em relação ao primeiro trimestre do ano passado, perfazendo o volume de R$ 137,6 bilhões.

Apesar desse aumento no resultado operacional, o lucro líquido do banco foi de R$ 500,7 milhões, o que corresponde a 99,6% do lucro líquido registrado no primeiro trimestre do ano anterior. Isso indica que, embora o banco tenha conseguido aumentar sua eficiência operacional, o lucro líquido teve um desempenho quase estável em relação ao mesmo período de 2023.

MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

A atuação do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) no segmento de Micro e Pequenas Empresas (MPE) apresentou uma evolução significativa no número de operações contratadas. Houve um incremento de 26,4% em relação ao ano anterior, alcançando um volume de R$ 1,3 bilhão no período. Além disso, a contratação de operações de microcrédito, tanto urbano quanto rural, cresceu 34,1% em volume nos primeiros três meses de 2024, em comparação com o mesmo período de 2023, totalizando R$ 4,4 bilhões para esse segmento. Esse resultado reafirma o comprometimento da instituição com os segmentos de maior impacto social.

Paulo Câmara, presidente do BNB

“Os números traduzem o contínuo esforço do Banco do Nordeste em se fazer presente em toda sua área de atuação, mudando a vida das pessoas, ao ofertar crédito e serviços de qualidade, potencializando o desenvolvimento econômico e social da região. O resultado reflete a consistência da nossa operação, proveniente do forte crescimento da nossa carteira de crédito, somado à qualidade do nosso processo de concessão de crédito. Em suma, resultado financeiro e social em plena sintonia. A região nordeste tem se apresentado como importante vetor de crescimento econômico para o país, por sua localização estratégica e potencial de produção no setor de energias renováveis. Dessa forma, a crescente demanda apresentada pelos agentes econômicos nos faz atuar na busca constante por fontes alternativas de recursos, que possam financiar investimentos sustentáveis e promovam o impacto social e ambiental, que são intrínsecos ao nosso propósito como banco de desenvolvimento”.

Deixe seu comentário

Assine nossa Newsletter

No ononno ono ononononono ononono onononononononononnon