Câncer da Mama: atenção também para os homens

O Outubro Rosa é uma alerta à prevenção do câncer de mama, o mais incidente e mais fatal entre mulheres no mundo. No entanto, a doença também atinge homens, que precisam ficar atentos a alterações nas mamas, antecipando o diagnóstico, tratamento e cura.

Estudos mostram que para cada 100 mulheres diagnosticadas com câncer de mama, um homem será atingido pela doença. São considerados fatores de risco para o público masculino, condições que podem aumentar o nível de estrogênio no corpo, como obesidade, alcoolismo, doença hepática, síndrome de Klinefelter (quando uma pessoa do sexo masculino apresenta um cromossomo X a mais); e radioterapia prévia para a área do tórax.

Os sintomas são geralmente semelhantes aos das mulheres, com surgimento de nódulo ou caroço, secreção pela aréola (mamilo), gânglios ou ínguas nas axilas, além de vermelhidão na área do peito e coceira.

O mastologista José Luiz Souto Maior, do Hospital Jayme da Fonte, diz que o importante em qualquer circunstância é procurar um especialista para verificar o que está acontecendo, pois pela própria característica da mama masculina, o risco é potencializado. “Com pouco tecido mamário, há uma possibilidade maior de o câncer se infiltrar na pele e no músculo posterior do peito, provocando metástase”, diz o médico.

Dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA) em 2020 foram registrados mais de 60 mil novos casos d câncer de mama em mulheres, com 16% deles chegando a óbito, com a média de 1% para os casos de paciente masculino.

Deixe seu comentário
anúncio 5 passos para im ... ltura Data Driven na sua empresa

+ Recentes

Assine nossa Newsletter

No ononno ono ononononono ononono onononononononononnon