Faturamento das empresas do Porto Digital cresceu 28,6% em 2021 – Revista Algomais – a revista de Pernambuco
Gente & Negócios

Gente & Negócios

Rafael Dantas

Faturamento das empresas do Porto Digital cresceu 28,6% em 2021

O presidente do Porto Digital, Pierre Lucena, anunciou um balanço animador do parque tecnológico que cresceu 28,6% em 2021 e ampliou a quantidade de postos de trabalho em 10,5%. Atualmente quase 15 mil profissionais atuam no pólo recifense. Além de comemorar os resultados, mesmo em meio a um ano ainda de crise econômica e de pandemia, outro fator ressaltado foi o avanço da parceria com a Prefeitura do Recife para a formação de mão de obra, um dos grandes gargalos do setor no mundo.

“Mesmo com os eventos adversos provocados pela crise sanitária, chegamos a 355 empresas embarcadas no Porto Digital e temos um crescimento de quase 100% do faturamento entre 2018 e 2021”, comemora o presidente do parque tecnológico, Pierre Lucena. O faturamento das empresas do porto atingiu o patamar nada modesto de R$ 3,67 bilhões. Esse índice era esperado apenas em alguns anos, mas a aceleração do setor fez parque tecnológico ampliar as suas projeções.

O balanço apresentou também o nome das empresas que mais cresceram, os destaques no faturamento e aquelas que mais empregaram no ano passado. Entre as que mais faturaram estão a Accenture, Acqio, Avanade, Avantia, CESAR, FITec, Globo Nordeste, Insole, Neurotech e Tempest. As maiores empregadoras são Accenture, Avanade, Avantia, CESAR, FITec, Pitang, Serttel, Speed+, Tempest e EAD Uninassau.

As empresas que mais cresceram no ano passado foram a FindUp, Insole e Mesa.

O evento contou com a presença das principais lideranças empresariais do ecossistema do Porto Digital; do secretário de desenvolvimento econômico de Pernambuco, Geraldo Julio; do secretário de ciência e tecnologia, Lucas Ramos; do prefeito do Recife, João Campos; e do idealizador do Porto Digital, Silvio Meira.

Além de prestigiar o evento, João Campos afirmou que o Embarque Digital, programa que incentiva a formação de jovens no setor, está no centro do plano de desenvolvimento do Recife. “Para a gente, que faz parte dessa construção, que lançamos o maior programa da história do Porto Digital que é o Embarque Digital, a gente sabe que daqui a três anos haverá mais de 2 mil jovens recifenses formados na área de tecnologia. Isso vai mais do que duplicar o número de formados na cidade. E com isso, os números que já são grandes, serão ainda maiores. É um movimento de arrasto que a gente faz para garantir que o Recife se consolide como a grande capital da tecnologia brasileira. Quero parabenizar todos os que fazem o Porto Digital”, afirmou João Campos.

Deixe seu comentário

Assine nossa Newsletter

No ononno ono ononononono ononono onononononononononnon