T4i chega à maior clínica de imagens de João Pessoa – Revista Algomais – a revista de Pernambuco
Gente & Negócios

Gente & Negócios

Rafael Dantas

T4i chega à maior clínica de imagens de João Pessoa

A empresa pernambucana T4i levou a plataforma Uniclinika (uniclinika.com.br) para a Nova Diagnóstico de João Pessoa. Pacientes e profissionais da maior clínica de diagnóstico por imagem na capital paraibana já contam com o serviço do sistema, que promove maior eficiências operacional e qualidade no serviço de atendimento.

A parceria com a clínica da Paraíba surgiu como resposta a desafios enfrentados pela Nova Diagnóstico em relação ao seu sistema anterior. A clínica utilizava um software de uma multinacional que não atendia completamente suas necessidades específicas em diagnóstico por imagem. 

O sistema da softwarehouse pernambucana oferece uma experiência mais fluida para os pacientes, desde o agendamento até a entrega dos resultados. Um dos diferenciais é a integração com o WhatsApp, que permite realizar uma série de tarefas de forma automatizada, como confirmação de presença, preenchimento de questionários e acesso aos resultados dos exames. “Além disso, a tecnologia de Inteligência Artificial é empregada para resumir para o médico rapidamente o histórico de saúde do paciente e destacar achados críticos nos exames”, explicou o sócio da T4i Romulo Martins.

Antes de chegar em João Pessoa, o Uniclinika já contava com grandes clientes no Recife e em Curitiba. Atualmente são realizados pelo produto em média 100 mil exames de imagem por mês. A expectativa da empresa com o produto agora é de escalar a solução em outros Estados. “Vamos buscar uma expansão para ter atuação nacional com o Uniclinika”, afirmou Romulo Martins. A T4i planeja uma intensificação de suas atividades de marketing e divulgação para levar o produto para novos clientes. Atualmente, 15 clínicas já utilizam a plataforma.

100 mil exames por mês são realizados pelo software
15 clinicas já utilizam a plataforma
26 profissionais trabalham na T4i

Deixe seu comentário

Assine nossa Newsletter

No ononno ono ononononono ononono onononononononononnon