Antes de malhar ao ar livre, fique atento a alguns cuidados

Se existem benefícios, a prática de exercícios físicos ou esportes ao ar livre tem seus riscos. Para o coordenador do curso de educação física da Faculdade Guararapes, Thiago Borges, o grande problema é a falta de orientação de um profissional antes e durante a realização das atividades. “Em geral, nas academias os alunos são sempre acompanhados por educadores físicos, que fazem a prescrição do exercício e o atendimento dos clientes”. Mas exercitar-se em ambiente externo sem esse auxílio é arriscado. “É preciso um controle do volume e da intensidade do exercício. Com um profissional qualificado o treinamento será otimizado, com melhores resultados e menos risco. Muitos problemas de saúde são descobertos quando se passa da conta. Exercitar-se é como um medicamento, quando passa da dose, tem problema”.

Começar com segurança e pegando leve é a dica de Lucemberg Vasconcelos, da Accel. Ele indica que antes de tudo é preciso procurar o médico inicialmente, para testar como o corpo se comporta com o esforço, com movimento. O segundo passo é ter a prescrição de um profissional de educação física e obedecer a linha sugerida de atividades. “Hoje percebemos muitas pessoas iniciando as caminhadas por indicação médica mesmo. Após essas etapas, para quem vai fazer corrida, por exemplo, deve começar caminhando leve e ir acrescendo na distância ou diminuindo o tempo de fazer o trajeto”, aconselha.

Lucenberg3
Lucemberg aconselha que os caminhantes devem começar leve e ir acrescentando distância ou diminuindo o tempo do trajeto aos poucos

Estar exposto ao sol também é perigoso. “O uso de roupas e calçados leves, óculos de sol, chapéu ou boné, e aplicação de protetor solar são alguns cuidados a serem tomados”, alerta Edison Tresca, educador físico da Universidade Guarulhos (UNG). Ele sugere ainda que os praticantes reduzam a exigência ou duração dos exercícios em cerca de 20%, em dias e horários muito quentes. A recomendação é válida até para aqueles que estão habituados a uma prática regular de atividades físicas, não devendo ultrapassar o tempo total de aproximadamente uma hora. Outra dica é procurar malhar nos períodos mais frescos do dia, como início da manhã, finalzinho da tarde, ou à noite. “Indico evitar exercitar-se, independentemente do horário, em temperaturas superiores a 29 graus ou em dias com umidade relativa do ar abaixo de 50%”, completa.

A preocupação com a hidratação não pode ficar de fora. “É preciso ingerir pequenas quantidades de líquido, preferencialmente água fresca (um ou dois pequenos goles), antes do início e a cada 15 ou 20 minutos de exercício para manter o organismo sempre bem hidratado”, recomenda Tresca.

Deixe seu comentário
anúncio 5 passos para im ... ltura Data Driven na sua empresa

+ Recentes

Assine nossa Newsletter

No ononno ono ononononono ononono onononononononononnon