Cervejas para vegano nenhum botar defeito (por Rivaldo Neto) – Revista Algomais – a revista de Pernambuco

Cervejas para vegano nenhum botar defeito (por Rivaldo Neto)

Cada vez mais as dietas e estilos de vida fazem parte do nosso cotidiano. Com isso, várias culturas através dos anos inserem também alguns diferentes produtos alcoólicos em seus hábitos alimentares, isso varia de acordo com os costumes. Fora o também chamado componente social que existe no consumo do álcool, sabemos que existem fatores positivos e negativos nesta prática.

Com isso estilos de alimentação como o vegano não exclui as bebidas alcoólicas no geral, mas sim aquelas que contém matéria-prima animal em sua fórmula. Veganos são pessoas que adotam um estilos de vida livre do consumo de alimentos de origem animal. Abolem qualquer tipo de carne, mel, ovos e leite, apenas para citar alguns. A cerveja é basicamente um fermentado de origem vegetal, mas com um mercado efervescente e criativo, podemos encontrar várias bebidas com insumos animal como mel, leite e até bacon.

Mas como podemos identificar se um determinada bebida é ou não vegana? Em alguns casos é fácil, como no caso de cervejas que claramente estampam em seus rótulos compostos de mel e chocolate (devido a lactose). Outras nem tanto como as cervejas condicionadas em barris (tradicionalmente inglesas) que são clarificadas com uma espécie de cola de peixe (“isinglass”).

Essa cola de peixe é uma forma de gelatina muito pura que se obtém a partir das bexigas de alguns peixes de água doce, especialmente do esturjão. As refinações aceleram o processo que de outra forma ocorreria naturalmente. A Guinness por exemplo usava esse processo em sua produção e deixou da fazê-lo em 2015 devido a pressão de grupos de veganos por afirmar que não consumiam a bebida devido a sua composição. Hoje grandes cervejarias também procuram usar uma produção mais “politicamente correta”. Tanto a Heineken, quanto a Budweiser afirmam que não usam qualquer produtos com insumos animais em suas fórmulas.

Aos que se interessam por mais informações, uma boa dica é o Barnivore, plataforma americana que possui dados sobre diversas cervejas, vinhos e outras bebidas, informando se as mesmas são veganas ou não. Para quem é vegano ou apenas se interessa em descobrir o que há por trás das bebidas que consumimos, vale uma visita! Outro site que vale muito a pena é o Lokobeer que desde 2015 contem um ícone que dá a discrição das cervejas com uma marca conforme abaixo, definindo se tal bebida é ou não vegana.

Lokobeerveg
Lokobeer

MUNDO CERVEJEIRO
Heineken compra a Brasil  Kirin?
Fortes rumores no mercado dão conta da aquisição da Brasil Kirin, que produz a Schin, pela gigante Heineken. A japonesa Kirin Holdings teria chegado a um acordo com a cervejaria holandesa por cerca de U$ 870 milhões. Entretanto a Heineken não confirmou o fechamento da negociação.
Urbana lança cerveja Busanfe Blanche
Com o humor irreverente do laboratório paulista no nome e no rótulo, a artesanal do estilo Witbier é a aposta da cigana para este verão. O ano mal começou e a Cervejaria Urbana já está com novidade.
Para quem pretende aproveitar os dias mais quentes do ano em grande estilo, ou até mesmo fugir deles com uma opção altamente refrescante, a cigana apresenta sua nova experiência, a Busanfe Blanche. Elaborada com malte de trigo e aveia, a artesanal é uma autêntica Witbier, estilo de cerveja belga que leva este nome por conta de seu aspecto claro. Com amargor na casa dos 11 IBUs e 4,8% de teor alcoólico, a Busanfe Blanche é uma cerveja leve e de alto drinkability. Para unir a nova receita ao bom humor de sempre, o laboratório não precisou ir muito longe.

Urbana

Desta vez, o sócio-proprietário da Urbana, André Cancegliero, foi quem “posou de garoto-propaganda” da nova cerveja, que ganhou ilustração divertida feita pela IBC Design. “Grande parte das cervejas do estilo Witbier tem o nome Blanche – branco – e mais uma palavra que a representa. A nossa é a Busanfe Blanche, que faz referência ao corpo e ao verão de forma divertida, porém sadia”, explica André. Escolhida para dar as boas vindas a 2017, a nova cerveja da Urbana vai bem com saladas verdes, ceviche, sushis e frutos do mar. O produto está disponível em garrafa de 300 ml pelo preço sugerido de R$20.


netoDiegoNóbrega - Taças de Cerveja (10)

*Rivaldo Neto (rivaldoneto@outlook.com) é designer e cervejeiro gourmet nas horas vagas

Deixe seu comentário
anúncio 5 passos para im ... ltura Data Driven na sua empresa

+ Recentes

Assine nossa Newsletter

No ononno ono ononononono ononono onononononononononnon