Da placidez à rebeldia do Velho Chico (por Paulo Caldas) – Revista Algomais – a revista de Pernambuco

Da placidez à rebeldia do Velho Chico (por Paulo Caldas)

Um singelo arrazoado nostálgico, uma viagem a remo contra o rumo do Rio São Francisco, na busca inglória de subverter seu curso inexorável, é a missão literária de Marise Helena de Araújo no seu “Petrolina, cadê você, menina?”, 284 páginas, Editora Gráfica Franciscana.

O texto resgata das margens do rio fatos e personagens fictícios ou não, vivenciados nos inesquecíveis anos de 1960 e 1970. Aos olhos do leitor são como uma película de cinema rodando ao contrário, feito as rodas de uma diligência nos antigos filmes em preto e branco. No conteúdo, a autora tece bordado que mescla trechos em prosa poética do drama ao risível com passagens pelo encantado, quando adere aos mitos ocultos nas profundezas do rio.

Mas é na épocmarise helenaa da interminável Jovem Guarda que a correnteza de letras se mostra mais célere e o leito mais caudaloso. Os contos, quase crônicas e as crônicas quase contos, contemplam os ditos, gírias, trajes, hábitos, cantos, ídolos e os rigores de uma sociedade tradicionalista em contraponto com as ingênuas manifestações que a revolução comportamental motivada pela ânsia de libertação dos costumes que, na ótica atual nem parecem tão revolucionários assim.

A autora relembra os ritmos, trotes, críticas tímidas às baionetas políticas da época e dogmas compulsórios vindos do catecismo, contudo rejeitados pelas influências do comportamento da geração paz e amor, espelho refletor de uma espécie de Woodstock ribeirinho.

Aquilo foi um antagonismo mais ou menos consentido, que tomou de assalto o cenário de um colégio de freiras e o cotidiano das famílias regidas sob um código de ética sertaneja, pontuado por recomendações ancestrais no cenário provinciano de uma Petrolina feita de lirismo e apego ao Velho Chico, seu amante líquido, infinito.

Nesse universo, destacam-se os textos “As meninas que não foram à festa, A feira, A festa da padroeira, A serpente encantada, A donzela e o Rei Roberto Carlos e A menina e o vidente”.

Serviço: O livro pode ser adquirido pelo Face book: Marise Helena de Araújo, ao preço de R$ 30,00.

Deixe seu comentário
anúncio 5 passos para im ... ltura Data Driven na sua empresa

+ Recentes

Assine nossa Newsletter

No ononno ono ononononono ononono onononononononononnon