Dores nos membros inferiores são mais comuns no Carnaval – Revista Algomais – a revista de Pernambuco

Dores nos membros inferiores são mais comuns no Carnaval

As redes sociais já estão em clima de carnaval. Os eventos dos bloquinhos que vão acontecer pelo país começam a gerar entusiasmo entre a população. Mas, antes de sair por aí cantando as marchinhas, é necessário tomar alguns cuidados com a saúde.

Passar um extenso período pulando e dançando, o que é comum para os foliões, pode ocasionar inchaço nos pés, tornozelos e joelhos, já que o sangue acaba não circulando corretamente pelo corpo. Mas não é só isso: permanecer em pé por um longo tempo pode ocasionar dores e até o desenvolvimento de condições como metatarsalgia e fascite plantar.

“Em um dia é possível desenvolver fascite plantar ou metatarsalgia se a pessoa exceder os limites do seu corpo e não tomar os cuidados necessários”, alerta Mateus Martinez, Diretor de Fisioterapia da Pés Sem Dor.

É imprescindível fazer pausas para descansar, ter uma alimentação saudável e optar por roupas e calçados confortáveis. “Momentos de sentar e descansar são preciosos para não se sobrecarregar. As pessoas também devem optar por roupas confortáveis e calçados que possuam uma boa entre-sola”, explica Martinez.

As mulheres são o público mais afetado pelas lesões devido ao uso de salto alto, que pode acarretar em quedas e entorses. O recomendado é usar tênis e, caso a opção seja pelo salto, o melhor modelo é o sem bico fino. O uso de palmilhas ortopédicas pode evitar o surgimento dessas patologias e dores nos membros inferiores. Para saber mais, acesse: www.pessemdor.com.br

Deixe seu comentário
anúncio 5 passos para im ... ltura Data Driven na sua empresa

+ Recentes

Assine nossa Newsletter

No ononno ono ononononono ononono onononononononononnon