Gente & Negócios: Refazenda inova ao lançar linha infantil e remodelar peças usadas – Revista Algomais – a revista de Pernambuco
Gente & Negócios

Gente & Negócios

Rafael Dantas

Gente & Negócios: Refazenda inova ao lançar linha infantil e remodelar peças usadas

Em comemoração aos seus 29 anos, a Refazenda lançou um novo serviço dentro do seu perfil de sustentabilidade: a remodelação de peças antigas. Entre as novidades da marca estão também o lançamento de uma nova linha de produtos, a Chico e Bento, voltada para o público infantil. Conversamos com Magna Coeli sobre as inovações da empresa e sobre sua percepção da aceitação do público das marcas sustentáveis.

Marcos Queiroz e Magna Coeli, da Refazenda.

Que novidades vocês estão trazendo para a comemoração dos 29 anos da Refazenda?

A Refazenda está num novo momento. Lançamos uma nova marca, a Chico e Bento, para dar o devido espaço ao público infantil dentro do nosso mix de produtos. As peças terão o mesmo estilo do pai e da mãe. Com a proposta de trabalhar com materiais mais naturais, com um perfil vintage, retrô. Criança que se veste de fato como criança, de forma lúdica e alegre. Também estamos investindo numa coleção masculina, para seguir uma tendência de mercado da família se vestir de forma parecida, que é um conceito que foi deixado lá atrás, nos anos 70, e voltou com muita força. Já temos uma loja especificamente para o público infantil, no Casarão Toyolex, e em cada uma de nossas unidades da Refazenda há um corredor voltado para as crianças.

Como funciona o novo serviço de remodelação de peças antigas da marca?

Um dos nossos serviços novos é a remodelação de peças antigas da marca, que ganham novo layout. Fomos desafiados a fazer uma disrupção no processo de moda. Em geral, a moda é caracterizada por trabalhar com produtos que se acabam rápido. A moda convencional se retroalimenta por isso. Nossa proposta é slow. Mais lenta, calma e conservada. Nosso cliente tem um apaixonamento pelas peças e um comportamento de conservação. Uma forma de aumentar a durabilidade da peça é dando uma cara nova e renovando o guarda-roupa sem gastar tanto. O nome desse projeto é Realce, inspirado na música de Gilberto Gil. Ele tem o objetivo de fazer uma releitura e repaginação das peças. Engordou, emagreceu, quer usar de novo, mas precisa de uma renovação por quem fez. Aceitamos isso como desafio. Estamos lançando e será algo permanente. É como um serviço paralelo, uma oficina Refazenda dentro das lojas, adaptando peças antigas ao tempo atual. Percebemos que ao invés de diminuir a venda de novas peças, esse serviço aumenta o interesse dos consumidores. Quem consome essa moda sabe que pode ter um acompanhamento, não é um produto descartável.

Esse setor de moda sustentável tem tendência de crescimento com o aumento do conhecimento das pessoas sobre os diretrizes da sustentabilidade?

Quando lançamos a Refazenda, há quase três décadas, era como se falássemos sozinhos. Hoje diante da tomada de consciência e da reverberação do tema, tem se criado um ambiente mais confortável para as empresas que atuam nesse segmento. Enfim as pessoas estão querendo isso. Estamos prontos e com histórico de coerência. Diferente de quem está se adaptando ainda ao conceito da sustentabilidade agora. A conscientização da população representa um momento de chegada de novos clientes. Por outro lado, em momentos de crise econômica como o atual, esse é um público que também tem uma tendência de retração.

Para o futuro a empresa tem novos planos?

Vislumbramos ser mais agressivos na exportação em 2019. Fazemos vendas pontuais para Portugal, Itália e Espanha. Percentuais pequenos. Bruto de produção, hoje em torno de 20%. Queremos dobrar para 40%. Já temos mais de 20 anos com experiencia de exportação, mas com alguma dificuldade de crescer.


Rainier Michael anuncia novo evento do Iperid no Recife

O presidente do Iperid e cônsul da Eslovênia, Rainier Michael, anunciou para os dias 16 e 17 de outubro o seminário Global Trends 2018. O evento acontecerá em parceria e na UniFBV Wyden. Em breve será anunciado o país homenageado. O Iperid é o Instituto de Pesquisas Estratégicas em Relações Internacionais e Diplomacia. Em movimento, o Think Tank anunciou no mês passado João Canto, da AD Diper, como fellow e a diplomata Katia Gilaberte como senior fellow. Mais informações no site: www.iperid.org


Isabella Jarocki em intercâmbio gastronômico nos Estados Unidos

 

Isabella Jarocki, coordenadora do curso de gastronomia do UniFBV, está nos Estados Unidos, a convite do Ministério da Agricultura americano participando do US Cuisine Immersion for Culinary Educators que acontece até o dia 9 de julho na Universidade Internacional da Florida e com visitas as cidades de Miami, Chicago e Nova Iorque. O evento, que tem como objetivo desmistificar a gastronomia americana, terá visita a escolas – como o Culinary Institute of America, em Nova Iorque; palestras com chefs e imersão nas tendências de negócios na área, inclusive o modelo de Food Halls, uma praça de alimentação fora de shopping já bem difundida nos EUA e Europa.

 

 


RM Express investe em cortes nobres de carne

Marco Ferreira é sócio presidente do Grupo RM

O mercado de cortes nobres está crescendo cada vez mais e com isso, aumenta a exigência do consumidor em adquirir produtos diferenciados e de qualidade. Pensando nisso, Marco Ferreira, sócio-presidente do Grupo RM, tem investido forte em cortes de primeira linha. Nas lojas RM Express os churrasqueiros de plantão podem encontrar novas linhas de linguiças gourmets, estilizadas com queijo coalho, pimenta biquinho e ervas. Além de carnes de carneiro, costela, pernil e filé mignon da linha angus. Segundo a Associação Brasileira de Angus (ABA), em 2015 o abate de animais da raça aumentou 21% em relação ao ano anterior, enquanto o abate total de gado caiu 9%.

Deixe seu comentário

Assine nossa Newsletter

No ononno ono ononononono ononono onononononononononnon