Recife é o destino mais competitivo do NE – Revista Algomais – a revista de Pernambuco

Recife é o destino mais competitivo do NE

A capital pernambucana ficou com a melhor média do Nordeste no Índice de Competitividade do Turismo Nacional, ranking feito pelo ministério, Sebrae e Fundação Getúlio Vargas. Entre os destinos nacionais, é a sexta mais bem colocada.

Justo quando a crise estimula os brasileiros a procurarem os destinos nacionais, o Recife desponta entre as melhores opções que o país tem a oferecer aos turistas. Depois de conquistar o terceiro lugar entre as cidades mais procuradas para o Réveillon no site de reservas Booking, a cidade agora subiu uma posição no Índice de Competitividade do
Turismo Nacional 2015. No ranking, elaborado pelo Ministério do Turismo, Sebrae e Fundação Getúlio Vargas, o Recife é a cidade mais bem avaliada do Nordeste, ficando em sexta colocada na lista dos dez melhores destinos nacionais.

A capital pernambucana ficou com média 77,2, passando na frente de Salvador e Florianópolis, entre outras. Ano passado, a cidade havia ficado no sétimo lugar dessa mesma lista, com 76 pontos.

O ranking, criado em 2008, avalia 65 destinos nacionais, a partir de 13 critérios: Infraestrutura global, Acesso, Serviços e equipamentos, Atrativos turísticos, Marketing e promoção do destino, Práticas públicas, Cooperação regional, Monitoramento, Economia local, Capacidade empresarial, Aspectos sociais, Aspectos ambientais e Aspectos culturais.

Destrinchando por critério, o Recife se destacou principalmente nos quesitos: Aspectos culturais, alcançando a terceira melhor média nacional (88,6), atrás somente de Salvador (91,8) e Rio de Janeiro (90,5); Serviços e equipamentos turísticos (83,2), sendo considerado o quinto melhor destino do País; e Atrativos turísticos (79,1), em que também ficou na quinta posição. Nos quesitos Capacidade empresarial e Acesso, a cidade ficou em sexto lugar, com médias 93,2 e 83,4, respectivamente. No critério Marketing e promoção do destino, o Recife conquistou a oitava posição, com média 70,6.

Na lista dos dez destinos com melhores índices globais, que levam em conta todos os critérios, São Paulo aparece em primeiro lugar, com média 83,2, seguido de: Rio de Janeiro (81,1), Porto Alegre (81), Curitiba (80,4), Belo Horizonte (79,2). A lista segue com Recife (77,2), Salvador (77), Foz do Iguaçu (76,3), Florianópolis (75,9) e Vitória (75,2).

“Esse índice é um reconhecimento muito importante do trabalho que vem sendo feito pela administração municipal e pelo trade nos últimos três anos. Depois de todo esse tempo investindo em equipamentos turísticos, como o Paço do Frevo e o Cais do Sertão, em estruturação do destino e em qualificação da mão de obra, agora chegou a hora de buscarmos o turista. E não poderíamos contar com respaldo melhor que essa pesquisa para atrair novos visitantes”, avalia o secretário de Turismo e Lazer do Recife, Camilo Simões.

Deixe seu comentário
anúncio 5 passos para im ... ltura Data Driven na sua empresa

+ Recentes

Assine nossa Newsletter

No ononno ono ononononono ononono onononononononononnon