Museu da Cidade apresenta exposição Recife Sentido, Sentido Recife – Revista Algomais – a revista de Pernambuco

Museu da Cidade apresenta exposição Recife Sentido, Sentido Recife

Como você imagina o Recife no ano de 2037? Foi a partir dessa provocativa pergunta que sete artistas plásticos se uniram no coletivo Baluarte e criaram obras sobre um Recife de 500 anos. O resultado desse trabalho está na exposição “Recife Sentido, Sentido Recife”, que antecipa o aniversário de cinco séculos da capital pernambucana – a ser comemorado no dia 12 de março de 2037. A mostra será aberta na próxima quinta-feira, dia 19 de janeiro, às 19h, no Museu da Cidade, localizado no Forte das Cinco Pontas, um equipamento cultural da Prefeitura do Recife. Ela fica em cartaz até o dia 24 de fevereiro.

A mostra, com curadoria de Sandro Vasconcelos, reúne obras inéditas dos artistas plásticos Abraão Figueiredo, Alexandre Almeida, Emerson Pontes, Fabio Rafael, Marcelo Figueiredo, Paulo Regis e Romero Pontes. São 15 trabalhos distribuídos em desenho, fotografias, esculturas e pintura. As obras, produzidas a partir dessa provocação entre os artistas em junho passado, trazem referências ao Recife em suas diversas épocas, do antigo ao atual, buscando mostrar as visões artísticas do coletivo sobre o Recife que se avizinha, com 500 anos. “Os artistas incitam os transeuntes a partir de suas visões de mundo, dentro de um conceito de modernização, espelhando-se no desenvolvimento da cidade”, explica o curador.

“Cada artista tomou seu panorama para criar sua obra, até mesmo surrealizar o Recife de 500 anos”, conta Emerson Pontes que, em fotografias, faz referências à histórica Praça da República; Fábio Rafael traz os emblemáticos baobás em desenho em carvão sobre lona; o Rio Capibaribe está nas aquarelas de Abraão Figueiredo, enquanto as praças do Derby e de Casa Forte são mostradas por Romero Pontes em quadros de técnica mista, de acrílico sobre tela e colagem. Através de objetos, Paulo Régis faz referências à conturbada Avenida Conde da Boa Vista; já Paulo Regis apresenta máquinas do tempo – confeccionadas em esculturas de metal, vidro e madeira – nas quais convida o visitante a buscar panoramas da cidade. O Recife dos mascates e do comércio informal está presente com Marcelo Figueiredo em objetos e pinturas de acrílico sobre madeira.

“Recife Sentido, Sentido Recife” abre a temporada de exposições de 2017 do Museu da Cidade do Recife.

Serviço
Abertura da exposição “Recife Sentido, Sentido Recife”
Quando: 19 de janeiro
Horário: às 19h
Visitação: 20 de janeiro a 24 a fevereiro de 2017
Horário: 9h às 17h
Onde: Museu da Cidade do Recife – Forte das Cinco Pontas, São José, Recife.
Entrada: gratuita

Home

Deixe seu comentário
anúncio 5 passos para im ... ltura Data Driven na sua empresa

+ Recentes

Assine nossa Newsletter

No ononno ono ononononono ononono onononononononononnon