O vendedor de estrelas (por Paulo Caldas)

*Paulo Caldas

Consagrado pela plasticidade no manuseio dos pincéis, tintas e traços, Paulo Rocha migrou com mesmo talento à literatura, a mais íngreme das formas de expressão, na qual apenas a palavra escrita traduz sentimentos e emoções.
Neste “O vendedor de estrelas – e outros sonhos que não dormem”, a partir do primeiro escrito, um recado elegante, trajado de conto, abre as cortinas de um palco feérico à exibição de temas e textos em prosa poética de fino trato.

O conteúdo reflexivo, gestado por uma verve singular, vai além dos qualificativos elogiosos comuns às obras literárias, sublimados pelo dom do encantamento. E, por certo, após doses de leitura curtidas numa farra de letras, o leitor vai guardar nos escaninhos da memória metáforas ousadas e neologismos afoitos aos brindes com rimas internas precioso esmero.

No currículo do autor consta ainda a publicação dos livros “O louco na janela” e “Poesia” este em parceria com Carlos Barros, ambos com o selo da Editora Bagaço.

O livro é cuidadosamente planejado e impresso pela Editora Bagaço, com projeto visual do renomado artista gráfico Humberto Araújo, traz nas orelhas, apresentação e prefácio textos dos poetas e Jessier Quirino, Maciel Melo, Luiz Rocha e Xico Pedrosa. Os exemplares podem ser adquiridos no site da editora.

*Paulo Caldas é Escritor

Deixe seu comentário

Assine nossa Newsletter

No ononno ono ononononono ononono onononononononononnon