Poesia em Frevo: A solidão aprende a dançar – Revista Algomais – a revista de Pernambuco

Poesia em Frevo: A solidão aprende a dançar

Poesia em frevo: A solidão aprende a dançar é um convite para percorrer o chão de Pernambuco com a poesia visceral de Cida Pedrosa e o frevo potente da Orquestra de Frevo Henrique Dias. Após passar por São Paulo, o espetáculo chega ao Recife para contar a história da mistura do Sertão com a cidade. Sob o comando do musicista Henrique Albino, que assina a direção musical e os arranjos, a apresentação será no dia 25 de setembro, às 19h30, no Teatro Hermilo Borba Filho, no bairro do Recife. Os ingressos custam R$ 20 inteira e R$10 meia entrada.

Poesia em Frevo segue o fluxo de rimas e métricas que desaguam em martelos e redondilhas típicas do Sertão, até chegar ao Recife e ruminar uma poética livre que fala do ir e vir da cidade, da solidão do asfalto, da dor posta em cada esquina, local onde a poetisa também se entende mulher e espraia seu canto feminista.

O concerto é dividido em três suítes: Chegança, Urbe e Lilithianas, composto em vários movimentos, unindo palavra e música que se entrelaçam em busca de aproximação e estranhamento. Poesia em Frevo é sobre cair no passo para espantar a dor. É sobre a palavra dançando o compasso frenético de notas ancestrais. É sobre a resistência do frevo e suas negritudes várias.

Cida Pedrosa é de Bodocó, Sertão pernambucano e reside no Recife desde a adolescência. Tem oito livros de poemas publicados e participação em antologias no Brasil e no exterior. Henrique Albino é de Recife, músico, arranjador, diretor musical e compositor premiado.

Com mais de 60 anos de história, a Orquestra de Frevo Henrique Dias, de Olinda, faz da música bandeira de luta e conta a história de um povo que não desiste do passo, mesmo quando o mundo se torna hostil.

A apresentação é realizada pelos músicos Alex Santana (tuba), Babá do Trombone (trombone de vara), Henrique Albino (sax e flauta),Homero Basílio (percussão), Ivan do Espírito Santo (sax) e Jonatas Araújo(trompete) e pela poetisa Cida Pedrosa (declamação). A produção fica ao encargo da Fruta Pão Produções.

Serviço:
Poesia em Frevo: A solidão aprende a dançar
Teatro Hermilo Borba Filho – Bairro do Recife

Cais do Apolo, s/n, Bairro do Recife
25 de setembro – 19h30
Ingressos: R$20 inteira e R$ 10 meia entrada.
(https://www.sympla.com.br/poesia-em-frevo-a-solidao-aprende-a-dancar__629775)

Deixe seu comentário
anúncio 5 passos para im ... ltura Data Driven na sua empresa

+ Recentes

Assine nossa Newsletter

No ononno ono ononononono ononono onononononononononnon