Projeto realiza implantação de agroflorestas no Agreste – Revista Algomais – a revista de Pernambuco

Projeto realiza implantação de agroflorestas no Agreste

A Semas (Secretaria de Meio Ambiente, Sustentabilidade e Fernando de Noronha) realiza, em parceria com o Centro de Desenvolvimento Agroecológico Sabiá, o projeto Águas da Serra. Contemplado no edital 01/2021 do Fema (Fundo Estadual de Meio Ambiente), o projeto tem o objetivo de implantar um sistema de agroflorestas para moradores do município de Jataúba, no Agreste de Pernambuco, para promover a recuperação das nascentes do Rio Capibaribe.

O projeto, que tem duração de 12 meses, e busca sensibilizar e capacitar cerca de 12 famílias agricultoras, quatro jovens guardiões e 30 estudantes do ensino fundamental para que eles entendam a importância da proteção às APPs (Áreas de Proteção Permanente). Para isso, promove o reflorestamento em quatro nascentes do Capibaribe que sofrem com o processo de degradação ambiental, por meio da implantação de quatro sistemas de agroflorestas e três de reuso de águas cinzas. Também realiza debates sobre a preservação de mata ciliares, mananciais e reservatórios, essenciais para o abastecimento público e demais atividades da localidade.

As agroflorestas consistem em um novo modelo de uso do solo. Nelas, as plantações e cultivos são feitos em consonância com a flora natural da floresta e o cultivo é totalmente orgânico, com espécies enriquecedoras para o ecossistema. Com elas, o meio ambiente da região sofre menos degradações em relação ao cultivo em larga escala e à monocultura.

O projeto ainda realiza ações de educação ambiental para 30 estudantes e duas educadoras da rede municipal de ensino de Jataúba, além de atividades formativas com potencial de recrutar e mobilizar novos integrantes. Ao todo, a ação vai atingir mais de 135 famílias agricultoras de diversas comunidades que usufruem diretamente dos recursos da água das nascentes e dos riachos.

Deixe seu comentário
anúncio 5 passos para im ... ltura Data Driven na sua empresa

+ Recentes

Assine nossa Newsletter

No ononno ono ononononono ononono onononononononononnon