Governo de Pernambuco abre linha de crédito aos empreendedores afetados pelas chuvas

Por meio da Agência de Empreendedorismo, Estado vai disponibilizar financiamentos de até R$ 6 mil

(Do Governo de Pernambuco)

O Governo de Pernambuco anunciou, na última sexta-feira (10.05), a concessão de uma linha de crédito de até R$ 6 mil, com taxa zero de juros, aos microempreendedores individuais que tiveram seus negócios afetados em decorrência das fortes chuvas nos e estejam em um dos municípios em situação de emergência. Para o Crédito Emergencial MEI – que será viabilizado pela Agência de Empreendedorismo (AGE) – o Estado vai desembolsar um montante de aproximadamente R$ 3 milhões.

“Estamos empenhando todos os nossos esforços para mitigar as dificuldades enfrentadas pelas pessoas afetadas pelas chuvas que caíram no Estado. Além de auxiliar as famílias, também vamos dar apoio aos micro e pequenos empreendedores que tiveram seus negócios prejudicados, para que possam se reerguer e recomeçar o trabalho”, afirmou o governador Paulo Câmara.

O financiamento será parcelado em até 24 meses, sendo três meses de carência e mais 21 parcelas fixas. Até 80% do valor financiado podem ser garantidos pelo Fundo de Aval para as Micro e Pequenas Empresas (Fampe), do Sebrae-PE. Não serão solicitadas garantias para análise de crédito, nem exigidas certidões negativas de débito.

“Estive em vários locais atingidos pelas chuvas e sei que muitos pequenos empreendedores vão precisar começar do zero. Esse crédito de R$ 6 mil, sem qualquer taxa de juros, pode dar um alívio para quem precisa retomar seu pequeno negócio nos municípios em situação de emergência”, disse o secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação, Alberes Lopes.

Outra medida para garantir assistência aos empreendedores é a prorrogação de parcelas de quem já possui operações de microcrédito com a AGE, incluindo o Crédito Popular. A postergação será feita para as parcelas referentes aos meses de abril, maio, junho e julho de 2022. A expectativa é de que aproximadamente 1,5 mil empreendedores sejam beneficiados.

AS 14 CIDADES QUE FAZEM PARTE DO DECRETO ESTADUAL QUE DECLARA SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA

  • Cabo de Santo Agostinho
  • Camaragibe
  • Goiana
  • Jaboatão dos Guararapes
  • Macaparana
  • Moreno
  • Nazaré da Mata
  • Olinda
  • Paudalho
  • Paulista
  • Recife
  • São José da Coroa Grande
  • São Vicente Férrer
  • Timbaúba
Deixe seu comentário

Assine nossa Newsletter

No ononno ono ononononono ononono onononononononononnon