Mercadança tem inscrições abertas até 22 de março

Em tempos pandêmicos, a internet nunca foi tão importante e tão usada para conectar pessoas, mesmo que à distância. Com base nisso, a gestora cultural Iris Macedo se uniu à coreógrafa Flávia Pinheiro, e ambas são curadoras do projeto, para lançarem o Mercadança, que é uma plataforma on-line que busca divulgar artistas, grupos, profissionais de dança e equipamentos culturais de Pernambuco para toda a América Latina.

Os interessados devem se inscrever, gratuitamente, através do site www.mercadanca.com.br, até o dia 22 de março de 2021 (o prazo foi prorrogado por mais sete dias). O site será lançado, oficialmente, no dia 29 de abril de 2021, em comemoração ao Dia Internacional da Dança.

O Mercadança tem o objetivo conectar e aproximar a produção de Pernambuco aos programadores, curadores e diretores artísticos de festivais internacionais, para que dessa forma, seja criada uma rede multidirecional de difusão e divulgação da produção da dança em Pernambuco para toda a América Latina, com a possibilidade de ampliação para outros mercados internacionais. Outro objetivo da plataforma é disponibilizar informações técnicas e operacionais sobre os equipamentos culturais habilitados para receber produções do mercado latino-americano. O objetivo da ação é aquecer o mercado local e abrir espaço para os produtores culturais e técnicos, com habilidades em outros idiomas.

O site vai funcionar como uma grande vitrine internacional, um catálogo disponível de produtos locais de dança pronto para sair de Pernambuco e conquistar o mercado internacional. Para isso, haverá uma elaborada e cuidadosa curadoria e os artistas, grupos, profissionais de dança e equipamentos culturais selecionados, terão a sua produção e serviços disponibilizados de maneira on-line, com o selo de qualidade Mercadança, o que garante maior visibilidade para uma possível ampliação no mercado de trabalho e em futuras negociações no exterior. Dessa forma, o Mercadança estimula toda a cadeia produtiva da cultura pernambucana, além de fortalecer e ampliar a imagem do Brasil como um País criativo, inovador, tecnológico e rico no que diz respeito à produção artística da dança.

Segundo Iris Macedo, o ato de internacionalizar um produto ou serviço artístico se mostra como uma eficaz ferramenta para potencializar perspectivas que busquem ampliar as relações culturais e comerciais, além de valorizar o negócio e oferecer mais vida útil aos produtos e serviços. “Pensando nisso, propomos através dessa coreografia virtual tentacular, habilitar o deslocamento dos artistas da dança e de seus saberes, gerando uma cadeia produtiva nacional e internacional com seu respectivo fluxo de informações. Isso porque, claramente, a internacionalização amplia o mercado ao difundir o conteúdo dos artistas envolvidos para circulação, assim como, conecta a dança com as transformações do mundo contemporâneo virtual e digital”, explica a gestora.

Fazer parte de uma plataforma de internacionalização tem vários benefícios, entre eles: tradução do material para outros idiomas; criação de um portfólio digital; uso do selo de qualidade Mercadança; acesso à nova rede; posicionamento de marca e divulgação do negócio ou serviço no mercado internacional; e participação em uma webinar exclusiva com programadores internacionais.

O Mercadança é gratuito e patrocinado pelo edital 2018/2019, do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (FUNCULTURA), Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (FUNDARPE), Secretaria de Cultura e do Governo do Estado de Pernambuco. A idealização e realização são da Fervo Projetos Culturais.

Deixe seu comentário
anúncio 5 passos para im ... ltura Data Driven na sua empresa

+ Recentes

Assine nossa Newsletter

No ononno ono ononononono ononono onononononononononnon