A palavra como norte magnético – Revista Algomais – a revista de Pernambuco

A palavra como norte magnético

* Paulo Caldas

Aplausos ao poder da síntese, que marca presença neste “A mesma vida é outra”, de Renata Ettinger. No universo das técnicas da boa escrita, ela concebe com doçura aliterações, enquanto costura metáforas admiráveis e símiles bem colocadas, elementos que vão além do apenas estético e se prestam à sedução dos sentimentos de quem lê.

No todo, associado ao talento criador, no texto predomina um intimismo obediente a um norte magnético que define com nitidez o perfil da poeta; “é na palavra que Renata encontra o seu lugar de ser”.

Ao conduzir os conteúdos pelas trilhas do simples, a autora ganha em singelezas, dessas que os olhos mandam ao coração, ao tempo em que foge das fórmulas rebuscadas, opção comum a tantos que perseguem os destinos dos versos.

A publicação tem o projeto gráfico: capa e diagramação assinadas Vinícius Xavier, impressão gráfica em papel pólen na Editora da Autora 2022. Os exemplares podem ser adquiridos em: @renataettinger, renataettinger@gmail.com.br

*Paulo Caldas é Escritor

Deixe seu comentário
anúncio 5 passos para im ... ltura Data Driven na sua empresa

+ Recentes

Assine nossa Newsletter

No ononno ono ononononono ononono onononononononononnon